Quem me visita

Seguidores

quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Os meus Anjos

Num dos livros de Paulo Coelho( se não estou enganada As Valquírias), ele diz que o nosso Anjo toma a forma que nós imaginarmos.
Sempre gostei de anjos, imagino-os como uma energia e que são enviados por Deus (Universo). Tenho o meu Anjo como um irmão divino com quem falo e peço protecção.
Uma amiga muito querida deu-me há dias um em crochet, gostei tanto que resolvi pendurá-lo por cima da minha cama. Resolvi mostrar os outros meus anjos que que são muito diferentes mas que eu gosto muito
Este em feltro fi-lo eu.
Este foi-me oferecido, achei muito interessante o permenor de um dos anjos ser um gato, embora não se veja muito bem.
Este foi uma oferta do meu filhote, já tem alguns anos .
Realmente eles tomam a forma que nós imaginarmos.

3 comentários:

Hazel disse...

Também gosto muito de anjos. Eles sempre arranjam formas invulgares de se manifestarem a quem está atento, não é?
Esse anjo de crochet está uma perfeição. E acho que o sítio onde o pendurou não podia ser mais apropriado.
Muito bonito, Helena.
Já tinha saudades dos seus posts!

Hazel disse...

Helena, prémio para si no meu blog!
Carago!!
Beijos!

Flora Maria disse...

Vim retribuir sua amável visita !
Os livros do Paulo Coelho (O Alquimista, Diário de um Mago, Brida, As Valquírias) foram muito importantes na minha vida e de meu marido, e, de certa maneira, um pouco responsáveis pela nossa mudança de vida e de cidade - "quando você persegue sua lenda pessoal, todo o Universo conspira a seu favor".
E os Anjos estão ao nosso redor o tempo todo. Costumo dizer que o Anjo das Idéias é que determina o que vou fazer no meu artesanato.
Beijo
Flora Maria